Eagles Gate News - O único site em português especializado em manutenção de motores aeronáuticos. Um site coordenado por Paulo Guerra.

Motor Turbomeca Rolls-Royce Adour

eaglesgate.com

Na www desde 1 de Dezembro de 1999

Este site é de origem portuguesa. This page is from a portuguese source. 

Portugal

Última actualização

05 Out 2010

 1999 - 2010

11º aniversário


Bem-vindo ao único site em português especializado em manutenção de motores aeronáuticos

A aeronave A400M está motorizada com o motor TP400-D6, de 11.000 shp fabricado pelo consórcio europeu EuroProp International, formado pela Rolls-Royce, SNECMA, MTU e ITP. Está previsto o fabrico de mais de 750 destes motores. Os ensaios de certificação na aeronave deverão decorrer até 2012, data prevista para a entrega da primeira aeronave.

Mapa do Site     |    Termos de Referência    |    Perguntas Frequentes   |   Visita Guiada   |   Livro de Visitas

Relocalização e futuro da indústria de manutenção de motores   Nova Legislação Aeronáutica

 

A Eagles Gate News em  FARNBOROUGH 2004. Leia a reportagem !

A Eagles Gate News  na AERO-ENGINE EXPO 2004  Leia a reportagem !

Our Mission

Our Mission


Aspecto duma área de revisao de motores.

Etapas da Manutenção


Organização da Manutenção


Ensaios Não Destrutivos


Glossário técnico


Evolução histórica


Previsões Rolls-Royce


TP400 o maior turbopropulsor


Motor turbofan em funcionamento

Simular operação motores turbina


Indústria Europeia

Indústria Espanha


Indústria Nacional

O Contexto Nacional

Capacidade da OGMA

Capacidade da TAP

Capacidade Restante

Vias de Desenvolvimento da indústria europeia de motores

Robot de projecção metálica por plasma em operação na empresa portuguesa OGMA, SA.

Decreto-Lei Nº 66/2003 de 7 de Abril


Materiais de uso aeronáutico


Bibliografia de motores aeronáuticos


A privatização da OGMA e o futuro da manutenção de motores


Evolução da manutenção aeronáutica nos próximos 10 anos (estudo de 2004)

 

eaglesgate.com

 

 

Blog

eaglesgate

A aviação celebra os 70 anos de propulsão a jacto.

Com efeito e de acordo com toda a evidência histórica e documental, foi a 12 de Abril de 1937 que o então piloto-engenheiro britânico Frank Whitle conseguiu fazer funcionar em banco de ensaios um motor de turbina de gás alimentado a combustível pesado e designado WU. Tratava-se de um motor equipado com um só andar de compressor do tipo radial de dupla face, uma única câmara de combustão e um único andar de turbina do tipo axial

Durante o mesmo período também o engenheiro alemão Hans von Ohain fez funcionar um motor do mesmo tipo alimentado a hidrogénio sem no entanto existir qualquer evidência desse facto que não seja o depoimento do próprio.

Contudo, só em 27 de Agosto de 1939 se verificou o primeiro voo a jacto através da primeira aeronave militar alemã He178 propulsionada através do motor He S3B concebido por von Ohain e só em 27 de Julho de 1949 voou a primeira aeronave civil DeHavilland D.H.106 Comet 1A equipada com 4 motores DeHavilland Ghost 50Mk de 5.000 lb de impulsão, também propulsionada a jacto. (ver cronologia)

Do ponto de vista da propulsão a data de 12 de Abril de 1937 estabelece um marco histórico em que foi possível demonstrar a produção de força propulsiva contínua através dum motor de turbina de gás. Este novo tipo de propulsão viria substituir o tradicional motor alternativo que rapidamente atingia a sua máxima performance.

A eaglesgate.com associa-se a esta efeméride e está a preparar um trabalho de fundo que brevemente será publicado.

 

100

ANOS

1904

4 de Maio

2004

A marca Rolls-Royce, inicialmente apenas fabricante de automóveis, tornou-se a partir de 1914 um especialista em motores aeronáuticos.

17

Dezembro

1903

Na comemoração do 1º centenário do 1º voo tripulado, controlado e propulsionado de uma aeronave mais pesada que o ar pelo irmãos Wright

17

Dezembro

2003

Fabricados mais

de 16,000

motores

 

1º voo em 20-05-1954

Início da produção

em Nov-1954

Setembro

1953

comemoraram-se 50 anos de operação dos motores T56 / 501 após o primeiro motor ter funcionado em banco de ensaios

Setembro

2003


O site que lhe diz tudo o que pretende saber acerca de como funcionam e como são reparados os motores aeronáuticos.

Motor Rolls-Royce Turbomeca RTM 322         Motor Rolls-Royce Tay

Sabia que ...         Sabia que ...         Sabia que ...

... entre 1936 e 1940 a Rolls-Royce fabricou 168.040 motores alternativos Merlin para equipar as aeronaves Spitfire, Hurricane, Lancaster, Mosquito e P-51 Mustang e que a Allison Engine Company (actualmente incorporada na Rolls-Royce) fabricou entre 1932 e 1944 cerca de 70.033 motores alternativos V1710 para as aeronaves P-38 Lightning, P-39 Airacobra, P-40 Warhawk, P-51 Mustang, P-63 Kingcobra, A-36 Invader, F-82 Twin Mustang, FM-1 Airacuda, XP-55 Ascender, XB-38 Flying Fortress e XB-42 Mixmaster!

Ver quadro de potências dos maiores motores                           Mais curiosidades ...

Notícias em Destaque

     Mais notícias  


Motores para a Aviação Regional

Os novos motores para as aeronaves da última geração da aviação regional representam um potencial de negócio que poderá ser calculado em milhões de dólares. As novas aeronaves da Embraer, Bombardier e Boeing vão receber os motores Rolls-Royce AE3007 (ERJ-135/-140/-145) e BR715 (B717), General Electric CF34-3 (CRJ100/200), CF34-8 (CRJ700/900, ERJ-170) e CF34-10 (ERJ-190).

Os números e as vendas  


Novos motores em desenvolvimento

O novo motor TP400-D6, do tipo turbopropulsor, para equipar a aeronave militar A400M, encontra-se em fase final de projecto. Concebido com base na tecnologia de três veios utilizada pela Rolls-Royce nos seus motores Trent, iniciou os ensaios este ano, instalado na posição 2 de um C-130 modificado. Trata-se dum motor que desenvolve uma potência de cerca de 11,000 shp. A sua concepção, desenvolvimento e produção está a cargo do consórcio Euro Prop International estabelecido especificamente para este projecto e formado pela Rolls-Royce, SNECMA, MTU, e ITP.

Este consórcio resulta da reestruturação do anterior designado Aero Propulsion Alliance e foi finalista, juntamente com a Pratt & Whitney Canada, que apresentou um turbopropulsor baseado no turbofan PW800, para a apreciação de novas propostas.

Relativamente ao anterior consórcio, os fabricantes Avio e Techspace Aero deixaram de integrar a primeira linha dos parceiros de projecto, embora mantenham uma participação de segunda linha.

Ver o motor                        Mais notícias sobre este assunto          


Proximos eventos aeronáuticos

 

 

Motor EJ200 que equipa a aeronave Eurofighter             Mais eventos


Decreto-Lei Nº 66/2003 de 7 de Abril

Regula a certificação, aprovação e autorização de entidades que exercem as actividades de concepção de projectos, produção, manutenção, exploração, certificação, aprovação e autorização de produtos, peças, componentes e equipamentos utilizados em aeronaves civis, no âmbito do JAR 21.

Ver DL 66/2003  


 

Que política para a indústria de defesa?


Perspectivas de evolução da indústria nacional de manutenção de motores


Indústria e Defesa Nacional. Que relação?


Evolução da manutenção aeronáutica nos próximos 10 anos (estudo de 2001)


E-mail

envie-nos a sua opinião ou as suas questões


Ser nosso colaborador


Foto da semana

Fotos semanas anteriores

 

Motor P&WC PW306

Indústria Aeronáutica Nacional


Aviação Regional

ERJ-145 da Portugália Airlines


Ensaio de motores

Aspecto de um banco de ensaios de motores turbofan


Reparação de componentes

Inspecção de um rotor de compressor durante uma operação de rectificação das blades


Inspecção diária de um turbofan

Directório de motores


Limitações à Indústria Nacional

A continuada fraca expressão da actividade aeronáutica civil em Portugal


Os rumos de internacionalização da empresa OGMA, SA


A privatização da TAP e as consequências na sua estrutura de manutenção


A mudança do aeroporto internacional de Lisboa da Portela para a OTA


As opções de aquisição de novos meios aéreos para as Forças Armadas Portuguesas 


Opções de parcerias da indústria nacional de motores


Mapa do Site     |    Termos de Referência    |    Perguntas Frequentes   |   Visita Guiada   |   Livro de Visitas


 Ler o Livro de Visitas    Assinar o Livro de Visitas    Preencher Inquérito

A opinião dos visitantes    Regressar ao topo desta página

Gestor da web page    HOME    E-mail

Procurar options