Bem-vindo ao único site em português especializado em manutenção de motores aeronáuticos

eaglesgate.com

Uma janela portuguesa para o mundo!

Na www desde 1 de Dezembro de 1999

Última

actualização

11 Out 2010


ETAPAS     DA     MANUTENÇÃO

Mapa das Etapas

Prossiga através das várias e complexas etapas da manutenção e aprecie a elevada especialização necessária para manter as aeronaves nas máximas condições de segurança ao custo mínimo

 

PLANIFICAÇÃO DOS TRABALHOS DE INSPECÇÃO

(A 7ª de 30 importantes etapas)

As anomalias existentes e as previsíveis determinam um conjunto de acções a ser realizadas pelos mecânicos, ao nível da oficina, que devem ser sistematizadas e quantificadas de modo a apurar-se o custo real das intervenções

 

Topo desta página    Fim desta página       HOME     Etapa Anterior      Próxima Etapa

 

Uma vez definido o âmbito dos trabalhos de inspecção é necessário converter aquelas acções em instruções oficinais para que todos os departamentos da empresa reparadora possam activar os procedimentos adequados para início dos trabalhos.

A fase seguinte consiste em planificar e sequenciar a cadeia de acções de modo a desmontar o motor de acordo com as anomalias reportadas anteriormente e as acções entretanto definidas. Esta desmontagem poderá ser integral como parcial.

Nesta fase são planeadas e calendarizadas todas as acções previstas, são estimados tempos para a realização das mesmas, são atribuídos recursos para a sua execução (mão-de-obra, máquinas e ferramentas) e são determinadas as movimentações das subpartes e componentes do motor através do vários departamentos especializados da oficina, de acordo com a especificidade de cada um.

Nesta altura é já possível orçamentar a primeira fase de intervenção, pois estão definidas todas as acções de desmontagem e inspecção. Conhecendo a mão-de-obra estimada para realizar as diversas intervenções, os recursos e a taxa horária, ficam univocamente definidos os custos da Primeira Fase (assim designada por ser a fase em que se procederá à despistagem e identificação das anomalias do motor, por oposição à fase seguinte de reparação, designada por Segunda Fase).

Se se tratar de um pacote de trabalho bem definido, alguns custos inerentes à Segunda Fase ficam igualmente definidos, uma vez que se sabe que essas etapas terão que ser cumpridas (por exemplo: montagem e ensaio do motor). Os trabalhos relativos a esta fase são também designados por "básicos" e os resultantes das inspecções ou opções designados por "oriundos".

Após a conversão das instruções de trabalho, estas são distribuídas pelos diferentes postos de trabalho oficinais sob a forma de documentos designados por "Cartas de Trabalho" (na linguagem anglo-saxónica "Job Cards"). Estas Cartas têm a particularidade de identificarem os recursos, a mão-de-obra, o tempo, a sequência de trabalho e a identificação das especialidades intervenientes, de modo a segmentarem a realização das acções de manutenção e simultaneamente apurarem os custos parciais de cada acção, que no final, depois de somados e integrados com os custos fixos e demais parcelas relativas a margens para o reparador, originam a factura relativa ao trabalho contratado. As Cartas de Trabalho têm, ainda, a vantagem de permitirem o controlo de produção mais eficaz assim como podem incorporar algumas funções de controlo de qualidade (através da identificação nominal dos operários intervenientes, com as suas valências e habilitações formais, com as suas assinaturas atestando a execução das instruções previstas e a recolha de informação de algumas acções de manutenção, tais como medições, indicação de folgas, de binários de aperto, resposta a check lists, etc. que é necessário garantir).


 Ler o Livro de Visitas    Assinar o Livro de Visitas    Preencher Inquérito

A opinião dos visitantes    Regressar ao topo desta página

Gestor da web page    HOME    E-mail