Bem-vindo ao único site em português especializado em manutenção de motores aeronáuticos

eaglesgate.com

Uma janela portuguesa para o mundo!

Na www desde 1 de Dezembro de 1999

Última

actualização

06 Out 2010


Se pretende saber mais sobre a evolução do mercado de manutenção aeronáutica leia esta página.

Visite a nossa galeria de fotos de motores aeronáuticos.

 

EVOLUÇÃO DO MERCADO DE MANUTENÇÃO DE MOTORES AERONÁUTICOS

ABRIL 2004

 

    

 

Topo desta página             HOME             Fim desta página             Indústria Aeronáutica Nacional

 

 

Segundo um estudo publicado pela revista Overhaul & Maintenance na sua edição de Abril de 2004, o mercado global da actividade de manutenção aeronáutica (MRO - Maintenance, Repair and Overhaul) tem mostrado sinais de recuperação depois da queda verificada na sequência dos acontecimentos de 11 de Setembro de 2001 à medida que o tráfego vai crescendo. No entanto, a recuperação vai-se diluindo através de medidas de optimização levadas a cabo pelas transportadoras, nomeadamente na redução de custos, no recurso crescente à subcontratação e a formas de pressão sobre os fornecedores no sentido de renegociar os contratos a preços inferiores.

Desde o pico atingido em 2001 (ver análise referida a Março de 2001) no valor de 42.2 mil milhões de dólares, o mercado da manutenção aeronáutica caiu constantemente durante os últimos anos. O actual processo de recuperação a partir dos 36.1 mil milhões de dólares atingidos no início de 2003 evoluiu favoravelmente para 37.0 mil milhões de dólares avaliados no início de 2004.

De acordo com aquele estudo, cujo horizonte é de 10 anos e tem por referência o valor actual de 37.0 mil milhões de dólares, o valor do mercado da manutenção aeronáutica deverá crescer 13% durante os próximos 5 anos até ao valor de 41.8 mil milhões de dólares e 17.5% nos 5 anos restantes daquele período até 49.1 mil milhões de dólares. Esta recuperação corresponde a um crescimento médio anual de 2.9% durante o próximo decénio.

Nesta avaliação apenas foram considerados os trabalhos referentes às frotas de aeronaves a jacto e de aplicação comercial.

Esse estudo compartimentou a actividade de manutenção em 4 segmentos essenciais como se descreve:

Manutenção Profunda e Modificações - inclui a manutenção profunda (heavy maintenance), também designada por 3º escalão, incluindo os checks C e D, todo o espectro de modificações e renovações (upgrades) estruturais e de aviónicos, o cumprimento de boletins de serviço e de directivas de navegabilidade emitidas pelas autoridades aeronáuticas e fabricantes e a conversão de aeronaves de passageiros em cargueiros.

Manutenção de Linha - considerada toda a manutenção realizada no ponto de estacionamento das aeronaves sem recurso a desmontagens.

Manutenção de Motores - considerada como a manutenção realizada em motores uma vez removidos das aeronaves e enviados a entidades especializadas.

Manutenção de Componentes - considerada a manutenção de todos os componentes das aeronaves (exceptuando os motores) uma vez removidos destas e enviados a entidades especializadas. Nesta categoria incluem-se os componentes isoladamente e os conjuntos conforme removidos.

A evolução do mercado da manutenção aeronáutica ao longo dos últimos 4 anos e a prevista para os próximos 10 anos é mostrada no gráfico seguinte.

 

 

Desta análise e conforme o gráfico seguinte verifica-se que o segmento de manutenção de motores para 2004 representa 27% do volume de negócios mundial, significando 10.1 mil milhões de dólares.

 

 

Durante os próximos 10 anos o segmento da manutenção de motores é aquele em que se prevê um maior crescimento, conforme se pode verificar nos gráficos seguintes. No primeiro período de 5 anos passará de uma fatia de 27% para 29% e na segunda metade para 30%, sendo o segmento que mais crescerá.

 

 

 

Assim, o crescimento do sector da manutenção dos motores deverá crescer 46.5% nos próximos 10 anos o que corresponde a um crescimento médio anual de 4.7%, superior ao previsto para qualquer outro segmento e acima da média estimada para este mercado de 2.9%. Com esta evolução, o segmento da manutenção dos motores corresponderá à maior parcela da manutenção aeronáutica representando 14.8 mil milhões de dólares.

Já em 2001, quando se verificou o pico nesta actividade, o segmento da manutenção dos motores representava a segunda maior parcela, avaliada em 11.5 mil milhões de dólares e representando 27.3 % no contexto global.

A recuperação deste sector de actividade ficará a dever-se em grande parte à rápida expansão da frota de jactos regionais que em 2004 representava uma fatia de 13% e para 2014 é esperada uma quota de 24%, conforme indica o gráfico seguinte, correspondente a um crescimento anual médio na ordem de 8.5%, o que é notável.

É de salientar o crescimento explosivo para este segmento que no início desta década representava cerca de 1,000 aeronaves e por volta de 2014 poderá corresponder a 6,143 aeronaves. O número total de aeronaves deverá crescer das actuais 16,030 unidades para 21,042 por volta de 2009 e para 25,596 por volta de 2014. Verifica-se assim um crescimento médio anual do número de aeronaves para o próximo período de 10 anos na ordem dos 6% o que é francamente superior ao crescimento previsto para o sector da manutenção (apenas 2.9% globalmente e 4.7% para os motores em particular).

Destes resultados infere-se assim um crescimento mais acentuado da frota global do que das necessidades de manutenção. A expansão de aeronaves regionais não é acompanhada na mesma proporção por um aumento do valor do mercado já que estas aeronaves requerem menores recursos de manutenção.

No gráfico que se segue mostra-se a distribuição da frota de jactos repartida pelos três segmentos relevantes: cabina larga (widebodies), cabina estreita (narrowbodies) e aquelas que se denominam de regionais e que são todas de cabina estreita e com capacidade máxima para 100 a 120 passageiros.

 

 

A distribuição geográfica do mercado da manutenção aeronáutica demonstra que o continente norte-americano continuará a manter a supremacia sobre os demais conforme os gráficos seguintes o evidenciam.

 

 

 

Um outro factor que influencia fortemente o menor crescimento do valor do mercado face ao maior índice de crescimento da frota é o recurso crescente à subcontratação da manutenção a terceiros. Estas entidades caracterizam-se por menores custos de estrutura e de mão-de-obra o que determina uma redução de custos totais apesar de uma intervenção maior.

Actualmente estima-se que a parcela do mercado da manutenção que é subcontratada a especialistas em segmentos específicos represente 50% do mercado global. Há cerca de 10 a 12 anos essa parcela de subcontratação representava cerca de 33% e estima-se que até ao final da presente década essa parcela cresça até 65%. Esta evolução naturalmente que beneficiará os reparadores independentes uma vez que estes se movem neste segmento.

O gráfico seguinte fornece-nos uma indicação da evolução do custo da mão-de-obra na América do Norte através dos centros de manutenção ligados aos transportadores e a especialistas subcontratados.

 

 

Fonte: Adaptado e traduzido de "Overhaul & Maintenance", Abril 2004, pág. 29 - 34


 Ler o Livro de Visitas    Assinar o Livro de Visitas    Preencher Inquérito

A opinião dos visitantes    Regressar ao topo desta página

Gestor da web page    HOME    E-mail