Bem-vindo ao único site em português especializado em manutenção de motores aeronáuticos

eaglesgate.com

Uma janela portuguesa para o mundo!

Na www desde 1 de Dezembro de 1999

Última

actualização

06 Out 2010


ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS

Prossiga através das várias e complexas etapas da manutenção e aprecie a elevada especialização necessária para manter as aeronaves nas máximas condições de segurança ao custo mínimo

 

 CORRENTES INDUZIDAS

 

Topo desta página              HOME            Fim desta página          Outros END

 

Para identificação de fissuração superficial, subsuperficial e identações usa-se um tipo de END denominado "Correntes Induzidas" (na linguagem anglo-saxónica designadas por "Eddy Current"; também bastante conhecidas pela designação francófona de "Courrant de Focault").

Este método baseia-se no princípo de indução de uma corrente de valor conhecido num componente com uma dada configuração e fabricado de um material de características conhecidas. Simultâneamente desloca-se uma sonda ao longo duma trajectória sobre a superfície da peça. A conjugação da indução da corrente eléctrica na peça e do movimento de deslocamento da sonda, provoca o aparecimento duma corrente induzida que é captada pela sonda e medida através de equipamento apropriado.

O valor da corrente induzida (recebida) depende do valor da corrente aplicada ao componente, duma forma que é conhecida. A eventual existência de fissuração superficial ou subsuperficial, pela ausência de material que lhe está associada, provoca uma alteração das propriedades electromagnéticas do material de base que tem como consequência uma alteração local do valor da corrente induzida que é recebida pela sonda. A profundidade abaixo da superfície a que se consegue detectar fissuras depende das características da corrente induzida, nomeadamente da sua frequência (menor frequência corresponde a maior profundidade). Medindo esta variação obtêm-se as características da fissura existente, porém, por comparação com a resposta homóloga obtida a partir de um componente de características iguais e sem quaisquer defeitos, denominado padrão.

Este método requer a existência de um padrão para avaliar as anomalias existentes. O padrão é necessário para se poder comparar a resposta obtida a partir de um componente com defeitos relativamente a um isento de quaisquer defeitos.

Assim o método de END através de "Correntes Induzidas" requer, como condição prévia, a existência de padrões e sondas, de acordo com o tipo de componentes a avaliar e de defeitos a pesquisar. Trata-se de um END em franca expansão, sobretudo, a partir do momento em que se começaram a produzir equipamentos portáteis e de grande simplicidade de manuseamento.

O método de END por "Correntes Induzidas" tem vindo progressivamente a substituír os métodos por "Líquidos Penetrantes" e a "Magnetoscopia", pelo maior rigor e precisão que se obtém, quando comparado com as mesmas características de portabilidade e facilidade de manuseamento.


 Ler o Livro de Visitas    Assinar o Livro de Visitas    Preencher Inquérito

A opinião dos visitantes    Regressar ao topo desta página

Gestor da web page    HOME    E-mail